Monday, January 12, 2009

Session XII: Post Quantum Leap

Cá estamos nós outra vez, diante do hall gigante e com 1200 portas de cada lado, cada uma delas com monstros maiores do que conseguimos aguentar, um dia destes vamos mesmo de vez..

Fui a uma das portas que ainda não tínhamos aberto, encostei o orelhão mágico, e ouvi.. o corneto a gemer de prazer??!?? pera, pera, uma voz a tentar dizer qualquer coisa mas não se percebia nada.

O nosso exercito zombie abriu a porta, e via-se um poço no meio da sala, os nossos zombies estavam a olhar para aquilo como se fosse agua cristalina que só lhes dava era vontade de tomarem um banhinho.. bom, olhei a volta e levei com um berro.

Ora bem, era um bixo fantasmagórico, o grito (will 17..) pôs algumas pessoas a babarem-se durante ai uns 8 turnos, só metade das vezes é que lhe conseguíamos acertar, passava por dentro de bixos que conjurei que são quase feitos de magma sem se queimar, não podíamos contra-atacar quando nos tocava, o Pimmlur sofreu um ataque onde perdeu 1 de Wis (acho eu..) para todo o sempre, o costume, lutas justas é que a gente quer!

A Elmyria nada contente, sacou a ultima flecha mágica que tinha da nossa ultima incursão num realm mágico, disparou, e puff, fantasma desfez-se em..em.. deixou de ser, e com ele levou umas centenas de platina que era o que a flecha valia, nós parámos um pouco, e choramos.

Corredor para a esquerda com 4 portas, e lá fomos nós a procura de loot, e encontramos esqueletos e loot, não vale a pena contar a história dos esqueletos porque foi mesmo muito rápido, fiquei 10 segundos a fazer cheerlead e já os tinham morto a todos.

Para o lado direito havia outro corredor, este é mais longo e ainda não sabemos onde vai dar, abrimos mais uma porta, que para nossa surpresa ao invés de estar coberto de merda, tinha um ar limpinho, com cama e tudo, a elfa não se conteve, correu lá para dentro onde ia atropelando o Pimmlur que já estava a investigar.

Ora bem, mais uma sessão de bate palmas aqui para o Kyoble que fiquei na porta a ver o espectáculo, o tapete que estava no chão envolve a Elmyria e aperta, só vi sangue a ser cuspido de um dos lados do tapete.. a juntar a isto o Kamiel começa a girar a flail e dá em cheio no meio do tapete e ouvi um shriek da Elmyria lá de dentro, e umas tripas a sair, estava a ser muito bonito.. O Kamiel tentou mudar de táctica e ia por óleo e queimar o tapete.. falhou por pouco senão tinha sido um dia com fogo de artifício e perninha de elfa para o jantar.

O Pimmlur fez de tudo para a Elmyria não morrer, curou o que pode enquanto o Kamiel e o Vincent perceberam que dava para matar o tapete mágico sem bater na elfa..

Íamos abrir mais umas portas mas o pessoal ficou com medo, bah, até estava a gostar de ficar lá atrás a bater palmas, mais incompetente que eu só mesmo o Thormir que ficou a fazer de mula.

Notas:
Player Characters em AutoPilot: Thormir
Player Characters pilotados por outrem: Kamiel

- Kyoble Turodin

3 comments:

Thormir said...

Arrearam na elfa sem eu lá estar para ajudar, está mal!!!

Kyoble said...

Houve ali uns tempos que o Kamiel so tinha olhinhos para a Elfa.. houve uns momentos de tensão.. e ela acabou mesmo por levar com ele.

Anonymous said...

Tensão não, tesão.